Menu

Nova direção do Centro de Estudos do Mar toma posse

Elaine Leal     6 de junho de 2018 - 18h46

Os professores Talal Suleiman Mahmoud e Alexandre Bernardino Lopes assinaram o termo de posse de direção do Centro de Estudos do Mar (CEM) da UFPR, em Pontal do Sul, na terça-feira (8). O mandato será entre os anos de 2018 e 2022.

A cerimônia ocorreu no auditório do CEM e contou com a presença do reitor Ricardo Marcelo da Fonseca, da vice-reitora Graciela Bolzón de Muniz. Também estavam presentes o diretor do Setor de Ciências da Terra, professor Pedro Luis Faggion, servidores técnico-administrativos, docentes, alunos e autoridades locais.

O professor Talal Suleiman Mahmoud é graduado em licenciatura em Química com habilitações em Física e Matemática pela Universidade Estadual de Maringá. O novo diretor também possui mestrado na área pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, doutorado pela Universidade Estadual Paulista e pós-doutorado pela Universidade Federal de Pelotas. Hoje atual como docente no curso de Engenharia em Aquicultura. Já o professor Alexandre Bernardino Lopes é graduado em Engenharia de Agrimensura pela Universidade Federal de Viçosa, mestrado em Geofísica e doutorado em Oceanografia, ambos pela USP. Lopes atua como professor no curso de Engenharia Civil no CEM.

O prédio atual do Centro de Estudos do Mar foi inaugurado em 1982, quando os laboratórios, que antes ficavam em Curitiba, passaram para Pontal do Sul. Em 1999, o lugar passou a fazer parte do Setor de Ciências da Terra. A sede abriga um prédio central de 2 mil metros quadrados de área construída, com gabinetes, laboratórios, bibliotecas e salas de aula.

Posse da nova direção no Centro de Estudos do Mar.
Foto: Nicolle Schumacher

 

Futuros da nova gestão

Novo diretor do CEM, Talal Suleiman Mahmoud. Foto: Nicolle Schumacher

Em discurso inicial, o professor Mauricio Almeida Noernberg, diretor do Centro entre os anos de 2014 e 2018, reforçou o exponencial crescimento que o CEM sofreu nesses últimos anos. Ele comentou a expansão de dois para cinco cursos de graduação. Houve também um aumento no quadro da comunidade: de 26 docentes para 56, de 24 servidores para 31 e o aumento aproximado de 300 para mais de 700 alunos. O ex-diretor aproveitou para citar o filósofo chinês Confúcio. “Não importa o quão devagar você vá desde que não pare”, ressaltando as dificuldades com infraestrutura que o local passou nestes tempos de crise econômica.

O professor Talal destacou que o CEM foi o primeiro braço da universidade fora de Curitiba e reafirmou a ampliação do lugar. “Temos por natureza vencer obstáculos”. O professor exaltou a produção científica do campus Pontal do Paraná, com mais de 160 mil artigos científicos, 35 capítulos de livros, 125 projetos aprovados em atividade de pesquisa de cooperação nacional e internacional, 45 projetos de extensão impactando a população local e regional. “Eu sou otimista por natureza”, comentou o diretor. “Em minha gestão espero que possamos crescer mais, buscando sempre a excelência em nossa trabalho”.

“Pontal do Paraná e o CEM foram os lugares que eu escolhi para trabalhar e viver”, disse o novo vice-diretor, professor Alexandre. O docente agradeceu a coragem do professor Talal em assumir o desafio frente à direção do Centro de Estudos do Mar. Apesar das preocupações, afirmou o compromisso de trabalhar junto com a comunidade para construir um lugar cada vez melhor. “Vejo que pela receptividade e a boa vontade que o professor Mauricio [ex-diretor] teve conosco, vamos conseguir consolidar os cursos de graduação que são de extrema importância”, discursou. O professor também ressaltou que fará uma gestão aberta, capaz de ouvir alunos e docentes para satisfazer toda a comunidade.

 

Compromisso com a reitoria

 

O reitor Ricardo Marcelo da Fonseca encerrou a cerimônia cumprimentando os novos diretores e elogiando o ex-diretor pela gestão nos últimos quatro anos e realçou a importância do cargo que os dois professores vão ocupar pelos próximos anos. “É exatamente nos momentos de tempestade, que a gente mais precisa de bons marinheiros”, fazendo uma referência clara ao momento atual das dificuldades financeiras que as universidades públicas enfrentam nos últimos anos e reafirmou que o trabalho em conjunto é a solução para uma melhor administração. Ricardo Marcelo também afirmou a importância do CEM para a universidade e que as pautas do campus são prioridades na reitoria. “O Centro de Estudos do Mar é um dos lugares dessa universidade que demandam mais atenção e investimento, ainda que estejamos em momento de gravíssima crise”.

No primeiro ano da gestão Ricardo Marcelo, a reitoria liberou mais de 700 mil reais para investimentos no CEM. Em 2018, foram liberados 200 mil reais para novos livros, com foco nos cursos que em expansão, e 55 mil reais para verbas de laboratório. Além disso, o reitor também falou sobre a expansão do Centro de Estudos do Mar. “Contem com essa gestão da universidade. O Centro de Estudos do Mar, dado ao seu momento atual e às carências, é prioridade nossa”, finalizou.

UFPR nas Redes Sociais

UFPR no Flickr
Universidade Federal do Paraná
Setor de Ciências da Terra
Centro Politécnico | Jardim das Américas | Fone: (41) 3361-3198
CEP 81531-990 | Caixa Postal 19001 | Curitiba | PR | Brasil


©2018 - Universidade Federal do Paraná

Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR